Espécies Funcionais - PANC´S

No paisagismo as espécies são usadas comumente para fins ornamentais e de embelezamento, criando arranjos decorativos com a própria natureza. Porém essa beleza vai além da decoração, se consideramos o potencial que cada planta pode ter.


Muitas espécies são comestíveis, outras podem ser repelentes de insetos indesejáveis ou até mesmo atrair borboletas e pássaros e algumas plantas são indicadoras e protetoras do solo. Sabe aquele matinho que normalmente é arrancado? Agora você pode utilizá-lo na sua alimentação, por exemplo, basta conhecer quais são as espécies que têm uma funcionalidade extra. A seguir listamos algumas delas que podem ser utilizadas no seu jardim com o seu respectivo potencial.


PANCS (Plantas alimentícias não convencionais)


As plantas alimentícias não convencionais não são produzidas comercialmente. Elas brotam espontaneamente onde houver espaço e condições para o seu crescimento. É uma ótima opção para diversificar o cardápio e ainda economizar. É importante saber identificá-las e buscar informações de como prepará-las. Nem todas as PANCS podem ser ingeridas in natura, para isso o livro “Plantas Alimentícias Não Convencionais (Panc) no Brasil”, lançado em 2014 por Valdely Kinupp e Harri Lorenzi. O livro apresenta 351 espécies com descrição de características e fotografias para facilitar a identificação botânica, além de dicas de uso culinário. Vamos conferir algumas delas abaixo.



Bertalha ou Espinafre-indiano

(Basella alba)

Características: bi-anual, cresce bem a pleno sol, em climas quentes e úmidos e em áreas inferiores a 500 metros acima do nível do mar

Ornamentação: Trepadeira

Funcionalidade: pode ser consumida refogada, aparecer em saladas verdes e ser utilizada em receitas como sopas, farofas, omeletes, tortas e quiches.


Ora-pro-nobis

(Pereskia aculeata)


Características: Perene, sol pleno/ meia sombra

Ornamentação: Pode ser utilizada como trepadeira ou como cerca-viva, muito eficaz devido aos seus falsos espinhos, floresce no verão e outono e suas flores são brancas ou levemente rosadas

Funcionalidade: Suas folhas, secas e moídas ou frescas são a parte comestível, e podem ser usadas em receitas como sopas, omeletes, tortas e refogadas, ou ainda cruas em saladas.


Peixinho

(Stachys lanata)

Características: Perene, sol pleno ou meia sombra

Ornamentação: Herbácea, pode ser utilizada em composição com outras plantas no jardim ou até mesmo em vasos

Funcionalidade: pode ser utilizada para decocção e à milanesa



Taioba

(Xanthosoma sagittifolium (L.))

Características: perene, sol pleno ou meia sombra, tropical e de solos úmidos

Ornamentação: é uma excelente planta palustre no paisagismo de lagos e riachos.

Funcionalidade: podem ser preparadas de variadas maneiras, desde cruas em saladas, como também refogadas


Trevo

(Trifolium repens L.)

Características: perene, luz amena e solo adubado

Ornamentação: Pode ser usado como forração.

Funcionalidade: O trevo-azedo é somente utilizado fresco, nunca seco. É um ótimo remédio contra azia estomacal e indisposições do fígado e digestivas.





LORENZI, harri, KINUPP Valdely, “Plantas Alimentícias Não Convencionais (Panc) no Brasil”, 2014


Saiba mais na oficina: Criando Um Jardim Comestível



#pancs #plantasalimentícias #espécies #espéciesfuncionais #jardimcomestível

Tópicos recentes
Arquivo
Tags
No tags yet.
Facebook oficial
  • Facebook Basic Square
  • Facebook
  • Instagram

tel/whatsapp 51-998647595